Métodos de impressão têxtil

 

Hoje deixamos as varias técnicas de impressão para têxteis como t-shirts, sweats, camisas, bonés, camisolas, coletes, vestuário de trabalho entre muitos outros…

SERIGRAFIA (SILK SCREEN)
É um processo de impressão por fotolitos e telas. Ainda é o único processo de impressão em camisetas que utiliza tinta para tecido. Por isso é o único que tem plena resistência a lavagem, sendo indestrutível.

Pode-se obter um resultado de alto brilho, e textura de diversos tipos, aplicando pastas a base de plastisol. Existem tintas capazes de criar diversas texturas e efeitos, desde “toque zero, relevo… até aromas”. O custo de impressão de pequenas quantidades por este processo é bastante alto. É um trabalho de arte e por isso obtém resultados extraordinários.

Pode ser aplicado em qualquer tipo de substrato, têxtil ou não.

SUBLIMAÇÃO TOTAL
É impressa uma folha por processo de off-set, ploter ou impressora fotográfica, que depois é transferida por
evaporação para a camiseta. Só pode ser impresso em tecidos 100% poliéster de cor branca.

FLEX DE RECORTE
É um tipo de vinil recortado em plotter. É transferido para a camiseta por prensa térmica. Tem resistência a lavagem bastante razoável. Existem varias opções de cores e até de cromados e aço escovado, que são efeitos que outros processos não alcançam. Só serve para aplicação de logos e frases em apenas uma cor na camiseta. Pode ser aplicado em algodão ou sintético.

CROMIA
É uma especialidade da serigrafia. Usada para impressão de imagens com resolução fotográfica, quando se deseja a durabilidade da serigrafia, unida a resolução fotográfica do transfer.

É um processo que precisa de alto conhecimento técnico e tem custos muito elevados para produções pequenas. Pode ser aplicado em camisetas de algodão ou sintético.

TRANSFER DIGITAL
Este é o processo de impressão oferecido por 99% dos sites da internet. Este é o metódo de impressão mais barato que existe, e também o pior em beleza e resistência a lavagem. É ideal para pequenas tiragens e camisetas que serão rapidamente descartadas (imagens fotográficas / com degrade / sem separação clara entre as cores / imagens com sombras)

Nem sempre a estampa fica exatamente da cor do arquivo enviado (podem ocorrer alterações de “tom”) Podem ocorrer alterações de resolução na imagem, já que a estampa é cópia (copia sempre é inferior ao original) A estampa é opaca (plástico quadrado colado na camiseta) É impressa uma folha em impressora de computador ou xerox, que depois é aplicada por prensa térmica na camiseta.

É boa opção para baixas demandas e reprodução de imagens fotográficas. Camisetas pretas, ficará impresso quadrado “branco ou preto”, se o desenho não for uma figura geométrica de fácil recorte (caso de letras) Não existe transfer “pior / melhor / com outro nome / ou vindo da lua”… Transfer é tudo igual, todos tem os mesmos problemas de qualidade, aparência e resistência. Pode ser aplicado em camisetas de algodão.

TRANSFER LITOGRÁFICO
É um processo de impressão por meio de off-set. As tintas da impressão não são ideais para tecido, mas tem resistência a lavagem razoável. É indicado para produção de camisetas promocionais em grande quantidade, quando se espera um resultado razoável, definição de detalhes, e não se tem uma grande preocupação com a beleza da impressão.

Pode ser aplicado em camisetas de algodão ou sintético.

TRANSFER SERIGRÁFICO
É um transfer produzido por serigrafia. Tem as mesmas propriedades de qualidade e beleza da serigrafia convencional. Se utiliza este tipo de processo, quando se tem necessidade de ter as estampas já impressas e estocadas, mas não se pretende na hora, por motivos de estoque ou transporte, te-las impressa na camiseta,

Pode-se fazer as estampas e posteriormente, por meio de prensa térmica, aplicar na camiseta. É um processo caro e necessita alta demanda de cada modelo para se tornar viável. Não é possível se produzir este tipo de estampa em quantidades pequenas devido ao custo de fotolitos e telas.

Quem trabalha com este tipo de transfer, necessariamente trabalha com impressão serigráfica direta no
tecido também. Portanto, não se utiliza este tipo de técnica para imprimir camisetas por encomenda.

Esta técnica é utilizada quando o cliente pretende comprar apenas a estampa, para posterior transferência na peça. Não há lógica em se produzir a estampa por este processo, e entregar ao cliente já transferida para o tecido.

FOIL
É um tipo de papel refletivo que tem características de brilho intenso e metálico. É aplicada uma cola especial na camiseta, e depois através de prensa térmica, transferido para o tecido a propriedade metálica do papel.

O foil tem resistência a lavagem relativa e oxida rapidamente quando em contato com o suor e calor do corpo humano.

TRANSFER SOLVENTE
A estampa é produzida através de uma plotter de impressão de alta definição e recorte preciso. Esta estampa é transferida para o tecido por termo-transferência. A grande diferença deste tipo de transfer é que ao contrario do transfer digital, não sobram bordas e nem fundo na estampa.

Como todo transfer, sua resistência é condicionada ao capricho com que a peça é lavada. Comparativamente a outros tipos de transfer é um produto bastante superior. Comparando a resistência e qualidade que a estamparia têxtil profissional por serigrafia pode chegar, este produto deixa muito a desejar.

As tintas usadas são próprias para impressão em vinil (do que são feitos estes transfers), mas não são próprias para lavagem em maquina de lavar roupas.

SUBLIMAÇÃO LOCALIZADA
Só é possível imprimir em tecido sintético (100% poliester) de cor branca. É produzida por meio de uma impressora com tinta sublimatica um transfer. Pelo processo de termotransferencia esta é passada ao tecido.

Tem excelente resistência a qualquer tipo de lavagem.

Não existe sublimação localizada em tecido colorido.

IMPRESSÃO DIGITAL DIRECTA EM TÊXTIL (DTG)
é conhecido tecnicamente como impressão DTG, Normalmente para fazer uma impressão em algodão usa-se uma quadro com tela chamado Serigrafia ou Silk Screen.

Descrição das Impressão DTG

A impressão direta ou serigrafia digital é uma técnica parecida com a serigrafia tradicional mas que não implica a utilização de várias telas nem a realização do processo de emulsão. A tinta é estampada através de uma impressora de alta definição que obtém melhores resultados que a técnica normal num tempo de produção recorde.

Propósito de Impressão DTG

A ideia por trás de uma impressão Impressão Digital Directa feita em uma impressora DTG é permitir imprimir em tecidos ou roupas de forma rápida e eficiente e com uma alta qualidade. Ele faz a impressão da imagem desejada directamente no tecido, em seguida, utilizasse uma prensa de calor especial ou estufa de calor para secagem e cura da tinta. A parte gráfica é normalmente desenvolvido em computador num programa gráfico.

Benefícios de uma impressão DTG

Os trabalhos de impressão DTG tem qualidade fotográfica. A peça de vestuário tem uma melhor “mão” ou toque termo utilizado na indústria de vestuário para descrever a textura final e sensação de toque zero do produto. Uma Impressão Digital Directa feita em uma impressora DTG, reduz os custos associados a Serigrafia e economiza tempo em relação aos métodos tradicionais de impressão de camisetas.
Não tem limite de cores nem quantidades.

Qualquer duvida contacte-nos.

Screen Century | 2011-2018 © All Rights Reserved

made by Screen Century