Resumo do jogo Argentina-Croácia 21/06/2018

Argentina de Messi volta a desiludir e ficam quase eliminados

Argentina 0-3 Croácia

 

Noite de inspiração de Modric, Rakitic e companhia pode ter hipotecado aquele que poderia ser o Mundial de Messi, que ainda sonha ganhar um título com a sua seleção.

A Croácia bateu a Argentina com estrondo por 0-3, porque, para além do resultado, a Argentina fica a depender de terceiros para poder chegaraos “oitavos”.

É simplesmente isto: a Croácia está nos oitavos-de-final do Mundial 2018 e a Argentina está em apuros. Após dois jogos na Rússia, Messi e companhia estão moribundos na competição — e podem ficar pior, dependendo do resultado do Nigéria-Islândia que jogam nesta sexta-feira.

Jorge Sampaoli apostou num 3-4-3 com três centrais e com alas “lusos”: o sportinguista Acuña, à esquerda e o benfiquista Salvio sobre a direita. Ao centro, Enzo Pérez fazia companhia a Mascherano no meio. Mas, sobretudo, continuou a deixar no banco de suplentes jogadores como Higuaín ou Dybala. E, quando decidiu recorrer a eles, já era tarde demais. Fácil para uma Croácia organizada e que mostrou instinto predador no ataque.

 A expectativa era para ver Messi. Depois de ter falhado um penálti frente à Islândia, o argentino voltava a ser chamado ao palco. Mas esteve sempre longe dos holofotes — não jogou e não fez jogar, como se percebe pelo facto de os argentinos não terem feito um único remate enquadrado com a baliza adversária durante a primeira parte.

Após 45 minutos sem muito para contar, o encontro ganhou emoção no segundo tempo com Rebic, Modric e Rakitic já na compensação, a fazerem os golos da partida.

No relvado, no banco e na bancada, mãos levantaram-se até à cabeça. A Argentina era um desastre a acontecer, sem capacidade de reagir e contrariar o bom futebol dos adversários.A vice-campeã mundial está com um pé fora da competição.

 

Autor: Guilherme Rodrigues

Screen Century | 2011-2018 © All Rights Reserved

made by Screen Century