Tudo o que você precisa saber para preparar o arquivo de impressão perfeito.

 

 

O sucesso de sua loja online depende muito da qualidade de seus produtos, e a qualidade de seus produtos, depende dos arquivos de impressão que você cria. Quanto melhor for a qualidade dos seus arquivos de impressão e designs, melhor será a qualidade geral dos seus produtos.

Também  significa que haverá menos risco de seu pedido atrasar devido ao design não atender aos requisitos de impressão. Lembre-se de que não se trata apenas do pedido: no final de cada pedido atrasado está um cliente que provavelmente ficará chateado por ter que esperar pelo produto que o entusiasma tanto.

A regra de ouro para acertar nos seus arquivos para impressão é: siga as diretrizes criadas por nossos especialistas internos. Para explicar os requisitos decisivos do arquivo de impressão da Screen Century em mais detalhes, solicitei à equipe de gráficos da Screen Century dicas que podem ajudá-lo no caminho para um arquivo de impressão perfeito.

Vamos estabelecer a base aqui e entrar em alguma terminologia. Isso ajudará você a obter uma melhor compreensão do restante deste blog e das diretrizes para impressão de arquivos da Screen Century.

O tamanho da impressão é o tamanho real da imagem conforme sairá impresso no produto. É medido em milímetros ou centímetros.

O tamanho do arquivo de imagem é medido em bytes. Informa quanto espaço a imagem ocupa em um disco ou unidade. Por exemplo, o tamanho máximo de arquivo de uma imagem que você pode enviar para  simulador do personalizador da Screen Century  é 200 MB. Poderá enviar um arquivo maior para os nossos e-mails

Um pixel é uma unidade de medida para imagens digitais que vê em uma tela.

As dimensões de pixels expressam o número total de pixels ao longo da largura (vertical) e altura (horizontal) de uma imagem digital.

A resolução expressa a densidade de pixels ou pontos em uma imagem. Para imagens digitais, a resolução é expressa em PPI – pixels por polegada. Para imagens impressas, a resolução é indicada em DPI – pontos por polegada.

DPI (pontos por polegada) é um termo de impressão . Dispositivos digitais exibem imagens em pixels e as impressoras imprimem imagens em pontos. O DPI é calculado usando as dimensões em pixels da imagem digital e o tamanho da imagem digital.

Quanto maior for o DPI = mais os pontos = mais nítida será a impressão.
Quanto menor for o DPI = menos pontos = mais borrada será a impressão.

Para ajudá-lo a visualizar a relação entre dimensões e resolução, observe os 3 pinguins abaixo. As imagens têm as mesmas dimensões (largura e altura), mas têm resoluções diferentes (DPI).

Então, qual pinguim parece o melhor?

printful-DPI-diferenças
DPI faz a diferença!

Você concordará que o pinguim mais bonito é o de 150 DPI do lado direito. E este também é o pinguim que ficará melhor impresso.

  • Formatos de arquivo de impressão aceites: PNG ( ideal), JPEG.
  • Formatos de arquivo de bordado aceitos : EPS, PNG (JPG aceito, mas não recomendado: elementos d0 design em imagens desse formato sempre têm um fundo que pode fazer o design parecer mau, e JPG também aumenta desnecessariamente a contagem de pontos de bordado, dificultando o trabalho além do limite).
  • Resolução do arquivo de impressão (DPI): novamente, depende do produto, mas deve ser de pelo menos 150 DPI e não superior a 300 – ir além de 300 DPI não melhora a qualidade de impressão, apenas aumenta o tamanho do arquivo .
    • Arquivos de impressão para itens menores, como canecas ou capas de telefone personalizadas , precisam de um DPI superior a 150 porque essas impressões são pequenas e frequentemente detalhadas. Recomendamos o envio de projetos para esses produtos com um DPI de 300.
  • Perfil de cor: a versão final do arquivo de impressão deve ser salva no perfil de cor sRGB sRGB IEC61966-2.1 . Você pode definir o perfil de cor no software de edição de imagem que está usand .
    • Por que sRGB e não CMYK? sRGB tem uma gama de cores mais ampla e vibrante (também conhecida como gama) em comparação com CMYK.   É por isso que o recomendamos para arquivos de impressão.

      Diretrizes para arquivos de impressão

      Sobre as diretrizes de sucesso ou fracasso.

      • Conteúdo aceitável : seu design deve seguir as diretrizes de conteúdo aceitável da Screen Century . Se o seu design for odioso, ilegal ou violar quaisquer direitos de propriedade intelectual, nossa equipe pode bloqueá-lo. Você ainda verá o arquivo em seu pedido ou biblioteca de arquivos, mas receberá um aviso sobre o bloqueio do seu design e não o imprimiremos.

       

       Erros no arquivo de impressão e como corrigi-los

      Agora que você tem uma ideia do que é necessário para criar um arquivo de impressão perfeito, vamos examinar alguns motivos que podem fazer com que seus designs saiam de baixa qualidade e como superá-los.

      1. Você redimensionou uma imagem de baixa qualidade, diminuindo ainda mais seu DPI

      Como fanático por café, você queria criar uma camiseta com uma cafeteira. Você encontrou um design sem direitos autorais e carregou-o no simulador de personalização.

      Acontece que a imagem livre de royalties de 335 × 410 px parece minúscula na área de impressão de camisetas de 30cm × 40cm. Você decide ampliar a imagem ali mesmo no Simulador.

      Conforme as dimensões da imagem aumentam, o número de pontos por polegada diminui. O DPI é registrado como 60 – bem abaixo do intervalo recomendado de PrinZone que é de 150–300. O que você pode fazer?

      exemplo de arquivo de impressão de má qualidade
      Imagem de baixa qualidade (esquerda), a mesma imagem ampliada (direita)

      Quatro opções :

      A) Você encontra uma nova imagem de alta qualidade de uma cafeteira para café com 150–300 DPI desde o início

      B) Você se contenta com uma imagem menor do que gostaria

      C) Você transforma sua imagem de baixa qualidade em um vetor

      D) Você usa a imagem ajustada pela ferramenta  inteligente de algum programa de edição de imagem

      A opção A é a ideal, ou então vamos para as opções B, C e D.

       

      B. Você se contenta com uma imagem menor do que gostaria

      No Simulador, você reduz as dimensões da imagem usando a seta lateral. Os pontos do DPI da imagem se aproximam, formando uma cafeteira menor, mas de aparência mais nítida. Você admite que não é o ideal, mas aceita que servirá para o que você tinha em mente.

       

    • Não esta muito bom, mas pode funcionar como uma pequena impressão colocado por exemplo no sitio do bolso!

      C. Você transforma sua imagem de baixa qualidade em um vetor

      Se você tiver tempo ou experiência, pode recriar a sua cafeteira de baixa qualidade como um vetor, usando um programa de edição vetorial (Illustrator, Inkscape, CorelDraw, Designer, etc.) ou um conversor online. Outra opção é entrar em contato com os Serviços de Design Gráfico da Screen Century para uma ajuda.

      Os vetores são gráficos feitos de pontos, linhas, curvas e formas que se baseiam em fórmulas matemáticas. Eles são bons porque você pode redimensioná-los como quiser sem perder qualidade. No software de design mencionado, você pode usar as ferramentas de rastreamento de imagem ou caneta para converter seu gráfico de baixa qualidade em um vetor.

      Assim que tiver seu vetor, redimensione a imagem conforme necessário para o seu projeto e exporte-o como um arquivo PNG. Neste ponto, seu arquivo vetorial se tornou uma imagem vetor.

      Se você quiser usar vetores ou outras imagens do seu estoque para seus designs, verifique se o conteúdo não está protegido por direitos autorais e se o tamanho da imagem e DPI são iguais ou maiores do que o recomendado pela Screen Century.

      Você fez um design para impressão DTG com um fundo que não gostaria de ver-lho impresso

      Evite adicionar uma cor de fundo, a menos que faça parte do seu design – isso é especialmente importante para os designs de roupas que deseja imprimir usando a técnica direta para a roupa (DTG).

      Porque? A impressora imprimirá todas as cores que vê no design . Para a impressora, um fundo preto em uma roupa preta não é igual a transparente.

      Portanto, se você criar um design DTG com um fundo preto em uma roupa preta, esteja ciente de que ele deixará um retângulo acinzentado/preto ao redor do seu design. E será cinza/preto porque as impressões em todas as roupas não brancas exigem uma base branca para ajudar as cores a se destacarem.

      Se você quer o retângulo cinza/preto, tudo bem. Mas se não quiser, remova o fundo!

      Se você não tiver certeza se o seu design tem um fundo sólido, abra o arquivo no Photoshop, GIMP ou software de edição de imagem semelhante. Se o fundo for transparente, você verá o fundo xadrez branco e cinza padrão.

      fundo branco vs transparente
      Desenho com fundo branco (esquerda), desenho sem fundo (direita) 

      A transparência como elemento de design funciona melhor para impressão geral (AOP) e alguns outros produtos, mas pode não ficar bem no DTG.

      A forma como os elementos transparentes sairão no DTG depende de:

      • Como o design foi criado (por exemplo, você usou pincéis de penas, camadas semitransparentes ou efeitos semelhantes, sem saber que são uma espécie de transparência)
      • O nível de transparência dos elementos (100% transparente ou semitransparente)
      • A cor da roupa na qual eles são impressos = se a roupa precisa de base branca
        • Roupas brancas = sem base branca, as transparências serão impressas bem
        • Roupas não brancas e de cores claras = base branca serão difíceis de notar, mas podem notar-se através das áreas semitransparentes
        • Roupas de cor escura = base branca pode ser visível como pequenas manchas brancas em áreas semitransparentes

      Resumindo: mantenha a base branca em mente ao criar um design para DTG e considere se um efeito semitransparente é ou não o que você deseja. Alguns designers gostam do efeito da base branca à mostra, por isso é uma questão de gosto!

      printful-print-file-dtg
      Aqui, a base branca que aparece é uma decisão do designer.

      Você não removeu seu plano de fundo corretamente

      Às vezes, um design parece confuso e de baixa qualidade, não por causa do DPI deficiente, mas porque o projeto é deixado com bordas difusas do fundo que não foram removidas corretamente.

      Para evitar a confusão, em seu software de edição de imagem, duplique seu design final com o fundo transparente várias vezes . Os pequenos pedaços que você perdeu se tornarão mais visíveis e você poderá remover facilmente essas bordas feias.

      Aqui está o que você pode ver após duplicar essas camadas:

      print-file-dtg-bordas
      As setas amarelas apontam para as bordas difusas que precisam ser removidas

    • No caminho para um arquivo de impressão perfeito

      Se há algo a lembrar nesta postagem do blog, siga nossas diretrizes para arquivos de impressão. Conhecer a terminologia e as especificações impressas é essencial se você deseja que suas encomendas cheguem a si ou aos clientes sem problemas.

      Se precisar de ajuda para criar, editar ou formatar seus arquivos de impressão, entre em contato com os Serviços de Design Gráfico da Screen Century.

      •                                                                                                                                         Por Marianna Zvaigzne

Screen Century | 2011-2021 © All Rights Reserved

made by Screen Century